Tag Archives: Filhos

Niver de 1 mês!?

30 out

Oi meninas e mamães de plantão! Neste final de semana foi niver do meu filho de 1 ano e ele se divertiu tanto…depois posto algumas fotos para vocês!

Organizar o primeiro aniversario é uma delícia, ainda mais depois de ver a felicidade explodir nos rostos de nossos filhos. Semana passada, dia 25, Angélica e Luciano Huck fizeram uma festinha super especial para comemorar o primeiro mês de sua filhinha mais nova, Eva!

Olhem só os detalhes do bolo, da roupinha, da decoração da princesinha da família Huck. Será que esta moda pega?!

Acho que se eu tivesse dinheiro e mais tempo livre até faria uma festinha por mês para o Lucas!!! E vocês mamães, comemoram o aniversário de meses de seus filhos?! Cantam parabéns com um bolinho?! Contem para a gente!

Bjbj Jih Rosa

 

Tá difícil desmamar seu bebê?!

23 out

Oi meninas tudo bem?! Hoje quero dividir com vocês uma experiência pela qual estou passando com meu bebê! No próximo domingo, o Lucas completa um ano e tirei esta semana para desmamá-lo!

Estava muito preocupada com esse momento, afinal meu filho só pegou a mamadeira no berçário e em casa só aceitava o peito! Tinha até medo deste dia chegar, só pensando no tanto que ele iria sofrer com o desmame! Mas domingo às 6 horas foi o última vez que ele mamou no peito!

Neste dia, ele chorou bastante, mas sempre que queria mamar eu sumia de perto dele e aos poucos ele começava a brincar com os priminhos, meu marido e seus padrinhos! Ele comeu muito pouco e não pegou a mamadeira. Tomou leite no copo e iogurte.

No segundo dia, o pior deles, o Lucas não comeu nada e chorava muito sempre que eu chegava por perto. Fiquei praticamente o dia longe dele e até pensei em desistir e deixar esse desmame para mais para a frente.

Hoje, terceiro dia, e para minha surpresa, consegui ficar o tempo todo com ele e ele quase não pediu para mamar em mim. Quando insinuava querer mamar, eu mudava  de assunto e ele não insistia! Consegui dar almoço para ele, com direito a frutinha de sobremesa. Tomou suco e continua tomando leite e iogurte no copo. Parece um mocinho! 

Outra coisa que me deixou muito feliz foi eu ter conseguido fazê-lo domir, algo que antes eu só conseguia, nos últimos tempos, dando de mamar!

Estou super feliz e orgulhosa do meu pequeno, acho que a partir de agora ele segue em frente! Eu não vou voltar atrás! E olha que foi menos difícil do que eu imaginei que seria!

Por isso mamães não tenham medo! Quando decidirem parar de amamentar, sigam em frente e tenham alguém para ajudá-las. Eu agradeço muito ao apoio do pai do Lucas, da tia Lalá (dinda do Lucas) e do meu irmão, porque sem eles acho que eu não conseguiria!

bjbj

Jih  Rosa

Cuidados para os primeiros passos!

16 out

Oi mamães e gravidinhas de plantão, tudo bem?! Semana passada falei um pouco da minha emoção ao ver meu filho andar pela primeira vez e hoje quero trazer algumas dicas para ajudar seu pequeno neste momento de desafios e descobertas mil, afinal é a partir destes primeiros passos que se inicia a independência de nossos filhos!

– Quando seu filho começar a dar os primeiros passos, busque um local sem quinas, longe de pisos escorregadios, com pedras ou cacos.
– Fique por perto, mas deixe o ele decidir qual caminho quer percorrer, para que assim, possa fazer descobertas.
– Para incentivar, deixe algum brinquedo que ele goste muito um pouco distante para que ele busque.
– Seu filho precisa se sentir seguro, por isso dê a mão ou deixe o pequeno perto de algum sofá ou parede.

É muito importante, não cobrar do bebê que ele ande a qualquer custo, afinal cada bebê tem seu tempo, o importante é passar segurança e se preparar para as novas emoções que irá compartilhar com seu anjinho!

Bjbj Jih Rosa

Pets e nossos bebês!

4 set

Olá mamães e gravidinhas, tudo bem?! Quem aqui de vocês tem um pet em casa?!

Eu tenho a Teka, uma vira-latinha super fofa e que se dá super bem com o meu bebê. Mas a gente houve muita coisa que vai contra ter animais domésticos, quando temos ou vamos ter um nenêm em casa.

Mas já existem pesquisas que mostram o contrário.  Especialistas do Hospital Henry Ford, em Detroit , nos Estados Unidos, estudaram que a exposição de crianças no início da vida diminui a possibilidade de algumas delas desenvolverem alergia aos bichos. No caso dos gatinhos, esse risco cai pela metade.

O estudo foi feito a partir da observação e análise de dados de 565 crianças desde o nascimento até os 18 anos e é aprovado pela  Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia.

O único cuidado que precisamos ter é manter a higiene da casa sempre em dia, evitar que cãozinho entre no quarto da criança  e que fique só com o seu filho. Que bom né….assim quem ama pets, como eu, pode ficar tranquila e viver em harmonia com nossos bichinhos.

E vcs tem um pet?! Como é a convivência deles com seus filhos?!

Bjbj Jih Rosa

Agora é amamentar!!!

21 ago

Boa tarde meninas, tudo bem?! Hoje vamos continuar a falar um pouquinho sobre amamentação e para mim um acessório indispensável para facilitar todo esse processo, são as bombas extratoras de leite, sejam elas manuais ou elétricas.

Quando vamos para a casa com aquele bebêzinho super pequeno, fazer ele mamar pode se transformar em uma missão quase impossível, pois além de ser dolorido para a mãe, essas primeiras mamadas são um aprendizado lento para nossos filhos.

A boca pequena deles teima em não conseguir fazer a pega perfeita e por não terem tanta força no início para sugar, sobra muito leite nas mamas. Com o peito lotado de leite, ou mama ingurgitada (termo técnico) o processo de amamentação dos pequenos fica dificultado, além é claro de haver o perigo do empedramento do leite.

Então, desde o primeiro dia que levei o Lucas para casa e via que meus peitos estavam cheios demais, eu já pegava minha bomba manual (Harmony™ Breastpump da Medela), retirava o excesso de leite e guardava congelado, ou refrigerado! Quando um dos peitos estava bem machucado, dava este leite em uma mamadeirinha, para descansar um pouco os peitos.

Mas aí vocês me perguntam, mas ele não largou seu peito?! (e isso era um medo que eu tinha todos os dias). E eu digo que não, continuei esse processo até quando ele completou uns 3 meses e sempre dava uma mamadeira com o meu leite, na última mamada da noite, para que ele dormisse a noite toda e deu super certo!

Se você não quiser dar mamadeira para seu filho como eu fiz. Você pode doar esse leite excedente para o Banco de Leite da sua cidade. Em Londrina,  o telefone é o 3371.2390, lembrando que este leite pode ser armazenado na geladeira por 20 horas e no freezer por 15 dias. (para doar , no máximo 10 dias congelado!). Muitas crianças precisam e ajudar pode ser muito bom, né!!!

E vocês mamães nos contem como foi este período inicial da amamentação?! Utilizaram alguma bomba extratora de leite? Qual foi?! Contem para a gente!

Bjbj Jih Rosa

Filhos estilosos!

31 jul

Quem aqui não se derrete quando vê um bebê ou uma criança?! Agora imagina quando esse pequeno já é super estiloso desde cedo! Hoje é terça e dia de falarmos dos nossos filhos aqui no Clube e como sabemos que vocês adoram fofoquinhas vamos mostrar os filhos mais fashion das famosas…é para se inspirar viu meninas…

Victoria e Harper, a nova fashionista, sempre elegante e impecável, olhem os vestidinhos…lindos demais!

Katie Holmes e Suri Cruise  fazendo mix de estampas…é demais, não é?!

Jéssica Alba e as filhinhas Honor Marie e Haven..olhem a estampa do maiô da pequena e este chapéu…um luxo!

Angélica, Joaquim e Benício, detalhe para o band-aid divertido!

Adriane Galisteu e Vittorio, tal mãe, tal filho!

E para vocês meninas, qual é o bebê mais estiloso?!  Bjbj Jih Rosa

Coração de mãe

26 jun

Oi mamães e gravidinhas queridas, o post de hoje é para vocês. Já passei por isso, e vejo hoje algumas amigas grávidas que já se preocupam no dia em que a licença maternidade vai acabar. Como deixar aquele bebê tão pequeno em uma creche ou com a babá em casa?! Dá uma dor no coração só de pensar, né?!

Eu sou freelancer e por isso posso fazer meu horário (o que facilita tudo!), voltei a trabalhar quando meu filho tinha 3 meses e deixei o Lucas em casa com a babá. No primeiro dia, voltei com dor de estômago de nervosa e ele tava lindo e tranquilo, dormindo. Aos poucos fui me adapatando e hoje já não fico tão neurótica. Mas fato é que a melhor hora do dia, é aquela que volto para casa. Ser recebida com aquele sorriso e com os bracinhos erguidos, não tem preço.

Na real, somos nós que sofremos mais com a volta a vida normal. Eles tiram tudo de letra, são muito mais independentes que nós pensamos, e depois que aprendemos isso, ficamos num orgulho só, não é mamães?!

Mas como medir a dedicação aos filhos sem ser exagerada, nem sofrer demais?! Como não se apegar ao extremo?! De acordo com a psicóloga Rosely Saião, especialista em educação infantil, priorizar os filhos não significa se dedicar somente e exclusivamente a eles. É importante estar disponível quando eles precisam, e não quando querem. Educar pressupõe quase sempre desagradar o filho e aguentar o sofrimento inevitável que a vida impõe às crianças.

Priorizar o filho significa que o tempo dedicado a ele, mesmo que pequeno não pode ser interrompido por nada. E isso me lembra muito minha mãe, que sempre trabalhou muito, mas dedicou todo o tempo livre dela, quando estava em casa, para mim e meu irmão. E hoje só tenho lembranças de uma mãe presente e maravilhosa! E é isso que quero dar a meu filho, qualidade e não quantidade de horas compartilhadas!

E vocês mamães, como dividem seu tempo para se dedicarem aos seus filhos?! Contem para a gente, estamos curiosas! Bjbj Jih