Tag Archives: amamentação

Mamãe conectada

13 nov

Boa tarde, meninas! Estamos na era da informação e da acessibilidade da mesma. Quando ficamos grávidas, ficamos ávidas por saber o que acontece a cada mês e como este pequeno se desenvolve dentro de nossas barrigas. Buscamos livros, sites, trocamos figurinhas com outras mães e agora temos os aplicativos que nos auxiliam antes do bebê chegar e na fase de amamentação!

Então se vocês não largam seus celulares ou tablets, anotem aí alguns apps que podem ser super úteis e interessantes.

What to expect – É a versão virtual do renomado livro. Os textos são em inglês e algumas coisas parecem estranhas para as grávidas brasileiras, como o peso do bebê em onça. Disponível para iPhone e Android, é grátis!

Baby Center – É um diário das sensações da gravidez e desenvolvimento do bebê. As mudanças do feto podem ser acompanhadas em vídeo a cada mês. Disponível para iPhone, iPad e Android, é grátis!

Sprout – A cada semana você acompanha o desenvolvimento do feto em ilustrações em 3D. O controlador do ganho de peso é super legal, bem útil, principalmente para grávidas que possuem suspeita de diabetes gestacional. Disponível para iPhone, iPad. US$3,99.

Para acompanhar a amamentação, que vem carregada de amor e muita tecnologia, baixe:

BFF – Mostra para a mãe em qual peito o bebê vai começar a mamar, porque acredite, nós esquecemos! E também cronometra as mamadas! As mamas são ilustradas por dois cupcakes, com cereja no topo e pisca indicando a mama que o bebê deve começar o aleitamento. Disponível para iPhone, é grátis!

Aleitamento – Aplicativo nacional que tem um guia da gravidez até os dois anos de idade do bebê. Os bancos de leite mais próximos também aparecem em um mapa. Tudo para facilitar a vida da mamãe!  Disponível para iPhone e iPad, é grátis!

Feed Baby – Monitora o aleitamento materno, registra as trocas de fraldas, o tempo que o bebê dorme e até a última vez que a mãe tirou leite em excesso. Tudo bem organizado em gráficos coloridos! Disponível para Android, grátis!

E aí mamães, gostaram?! Alguma de vocês usam algum deles?!

Bjbj Jih Rosa

Anúncios

Amamentação – proteção dos mamilos

28 ago

Oi meninas, tudo bem?! Hoje é o último post que farei da série Amamentação aqui no blog e quero falar de 3 produtos indispensáveis para conseguirmos superar as dificuldades iniciais da amamentação.

A gente sabe que a  Organização Mundial de Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde recomendam o aleitamento materno exclusivo por seis meses e complementado até os dois anos de idade ou mais. Todavia, existem algumas intercorrências que podem influenciar negativamente na lactação e, se não tivermos informação e agirmos na prevenção, pode ocorrer um desmame precoce de seu bebê.

A fissura mamária é uma das lesões mais frequentes observadas nas mães no início do processo de amamentação (principalmente nas primeiras 3 semanas) e ocasionam ardência, dor e em alguns casos, sangramentos nas mamas durante o aleitamento.

Eu usei (já levei para a maternidade comigo, comforme foi recomendado pelo minha querida obstetra Dra. Cássia Canizares) e super recomendo, o “Mamare“, que é um protetor de mamilos, que evita rachaduras e ressecamento, além de ajudar  na cicatrização de feridas e micro-fissuras na região.

A gente deixa os protetores na geladeira e após as mamadas colocamos o “Mamare” nos mamilos. É super refrescante e alivia muito a dor que sentimos por conta do atrito que a língua do bebê faz com os bicos dos nossos seios.

Associado a este protetor utilizei as pomadas com lanolina pura, Millar ( no hospital) e Lansinoh (dica de uma cliente minha, em casa).

Quando estava com muita dor, colocava a pomada e o Mamare por cima. Acredito que por conta de todos esses cuidados eu não tive fissura mamilar e consegui passar pelas primeiras 3 semanas iniciais da amamentação, que são bem difíceis.

Mas depois deste período é só alegria! Um contato maravilhoso que temos com nosso filhos e um vínculo de amor absoluto que levamos para a vida toda! O Lucas faz 10 meses hoje e continuo amando amamentá-lo!

Só para deixar claro, achei a Lansinoh mais efetiva que a Millar, eu pedi para a minha cunhada trazer para mim de uma viagem para fora. Vale a pena!

Espero que tenha ajudado! E qualquer dúvida, escrevam para a gente!

Se não viram os outros posts sobre amamentação veja,  “Agora é amamentar” e “Preparação dos seios“.

bjbj e amamentem mamães! Jih Rosa

Agora é amamentar!!!

21 ago

Boa tarde meninas, tudo bem?! Hoje vamos continuar a falar um pouquinho sobre amamentação e para mim um acessório indispensável para facilitar todo esse processo, são as bombas extratoras de leite, sejam elas manuais ou elétricas.

Quando vamos para a casa com aquele bebêzinho super pequeno, fazer ele mamar pode se transformar em uma missão quase impossível, pois além de ser dolorido para a mãe, essas primeiras mamadas são um aprendizado lento para nossos filhos.

A boca pequena deles teima em não conseguir fazer a pega perfeita e por não terem tanta força no início para sugar, sobra muito leite nas mamas. Com o peito lotado de leite, ou mama ingurgitada (termo técnico) o processo de amamentação dos pequenos fica dificultado, além é claro de haver o perigo do empedramento do leite.

Então, desde o primeiro dia que levei o Lucas para casa e via que meus peitos estavam cheios demais, eu já pegava minha bomba manual (Harmony™ Breastpump da Medela), retirava o excesso de leite e guardava congelado, ou refrigerado! Quando um dos peitos estava bem machucado, dava este leite em uma mamadeirinha, para descansar um pouco os peitos.

Mas aí vocês me perguntam, mas ele não largou seu peito?! (e isso era um medo que eu tinha todos os dias). E eu digo que não, continuei esse processo até quando ele completou uns 3 meses e sempre dava uma mamadeira com o meu leite, na última mamada da noite, para que ele dormisse a noite toda e deu super certo!

Se você não quiser dar mamadeira para seu filho como eu fiz. Você pode doar esse leite excedente para o Banco de Leite da sua cidade. Em Londrina,  o telefone é o 3371.2390, lembrando que este leite pode ser armazenado na geladeira por 20 horas e no freezer por 15 dias. (para doar , no máximo 10 dias congelado!). Muitas crianças precisam e ajudar pode ser muito bom, né!!!

E vocês mamães nos contem como foi este período inicial da amamentação?! Utilizaram alguma bomba extratora de leite? Qual foi?! Contem para a gente!

Bjbj Jih Rosa

Amamentação:preparação dos seios

14 ago

Olá mamães de primeira viagem e gravidinhas de plantão, hoje vamos continuar nossa série sobre amamentação e a primeira fase para conseguir amamentar seu bebê é a preparação dos seios.

Desde que descobri que estava grávida e fui à minha obstetra, já comecei em casa a preparar meus seios para a tão sonhada função de amamentar o Lucas. Meus melhores amigos nesta fase eram a buchinha vegetal e o sol. Tudo para fortalecer o bico do seio, e aguentar o período inicial da amamentação que é um tanto quanto delicado!

Na hora do banho é importante passar a bucha vegetal nos mamilos e após o banho não passar hidratante nesta área, afinal é preciso que esta região fique bem resistente e não tão macia mais!

O banho de sol é um dos melhores procedimentos  para preparar os seios.  Tome de 10 a 15 minutos de sol no seio todos os dias, antes das 10 da manhã ou depois das 3 da tarde. Eu não tinha tempo de tomar sol todos os dias, então quando tinha um tempinho e um solzinho batendo na minha cama, eu aproveitava! (afinal eu moro em apartamento!).

Para quem não consegue de jeito nenhum tomar sol,  dá para utilizar uma lâmpada comum em um abajur ou luminária. O calor do sol e da lâmpada deixam a pele mais   resistente e preparada para receber a linguinha àspera de seu bebê.

Eu só tomei sol quando podia e usava a buchinha vegetal sempre! Para mim deu super certo…meus bicos não racharam e eu consegui amamentar super bem…claro que com a ajuda de alguns produtinhos milagrosos que conto para vocês na próxima semana!!!

E vocês mamães, nos contem como foi essa preparção e o começo de sua amamentação! Estamos curiosas! Bjbj Jih Rosa

Amamentação – informação na internet

7 ago

Oi mamães queridas e gravidinhas, tudo bem com vocês e seus pequenos?! Hoje é terça e dia de falar de questões ligadas aos nossos filhos que tanto amamos.

Amanhã termina a Semana Mundial do Aleitamento Materno, uma campanha que tem como objetivo estimular esta prática e fomentar a saúde dos recém-nascidos de todo o mundo e quero aproveitar a deixa, para fazer uma série sobre amamentação aqui no blog! O que vocês acham?!

Hoje quero falar principalmente com as futuras mamães, que geralmente, ao ter seu primeiro filho (como aconteceu comigo) buscam muita informação pela internet! Mas precisamos ter cuidado com o site que acessamos e se essas informações possuem credibilidade.

Quando meu filho fez 7 meses e meio e já estava almoçando e jantando bem, com as mamadas mais espaçadas (três ao dia), meu leite começou a sobrar e eu comecei a retirar e congelar em minha casa, pois usaria mais para frente quando ele começasse a mamar pela mamadeira ou doaria. Tentei inserir a mamadeira, mas não obtive sucesso nenhum.

Acessando inúmeros e renomados portais que se dedicam a falar com as mães sobre os cuidados com seus filhos, obtive a informação (em 80% deles) que eu poderia deixar meu leite congelado por até 3 meses. Todavia, quando, há duas semanas meu filho entrou no berçário e novamente iria começar a tentar fazê-lo pegar a mamadeira, descobri que todo o leite que tinha em casa estocado (e olha que tinham litros!) teria que ser descartado, pois o período seguro para o leite materno congelado é de apenas 15 DIAS e se quiser doar, os bancos de leite aceitam com até 10 dias!

Esse post é um alerta para todas as mamães que buscam informação na internet. Sempre confirmem tudo com seu médico, em hospitais, berçários e neste caso, no banco de leite da sua cidade.

Para quem quiser maiores informaçãoes sobre amamentação ou quiser doar leite, entre em contato com o Banco de Leite de Londrina pelo telefone: (43) 3371.2390. Ou com o Colo da Mamãe, que possui aconselhamento para as mães nos primeiros dias de aleitamento  do recém nascido!

E voces mamães, como foi a amamentaçaõ de seus filhos, contem para gente suas histórias! Bjbj Jih Rosa